Vitamina D e COVID-19: a deficiência de risco tem um resultado pior? – Lancet Diabetes e Endocrinologia | * Vitamin-D and COVID-19: do deficient risk a poorer outcome? | The Lancet

a vitamina D pode ajudar a reduzir a resposta inflamatória à infecção por SARS-CoV-2. A desregulação dessa resposta, especialmente do sistema renina-angiotensina, é característica do COVID-19 e o grau de superativação está associado a pior prognóstico. Sabe-se que a vitamina D interage com uma proteína nessa via – enzima conversora de angiotensina 2 (ACE2) – que também é explorada pelo SARS-CoV-2 como um receptor de entrada. Enquanto o SARS-CoV-2 diminui a expressão da ACE2, a vitamina D promove a expressão desse gene.”

Ler mais

Residentes em casas de repouso podem reduzir o risco de COVID-19 suplementando com vitamina D3 * Nursing home residents could reduce risk of COVID-19 by supplementing with vitamin D3 *| The BMJ – 30 de junho de 2020

(…) “Para reduzir os riscos de COVID-19 em enfermarias e casas de repouso, e em outros lugares, recomendamos que a suplementação de vitamina D3 seja usada para aumentar a concentração de 25 (OH) D para> […]

Ler mais

Associação Entre Níveis de Vitamina D e Esquizofrenia: Evidências Epidemiológicas e Pré-Clínicas * Association Between Vitamin D Levels and Schizophrenia: Epidemiological and Preclinical Evidences

  (…) Os artigos analisados neste estudo de revisão destacam uma associação entre baixos níveis de vitamina D, principalmente durante o neurodesenvolvimento, com uma série de alterações bioquímicas, celulares e comportamentais em modelos animais compatíveis […]

Ler mais

A exposição à luz solar aumentou as taxas de recuperação do Covid-19: um estudo na área de pandemia central da Indonésia * Sunlight exposure increased Covid-19 recovery rates: A study in the central pandemic area of Indonesia; ScienceDirect

Covid-19 é um tipo de vírus da gripe que suprime o sistema imunológico do corpo. •A luz solar desencadeou a vitamina D que aumentou o sistema imunológico. •A luz solar correlacionou-se significativamente com a recuperação

Ler mais

ANÁLISE DA ASSOCIAÇÃO ENTRE VITAMINA D E INFECÇÕES VIRAIS E FATORES DE RISCO RELACIONADOS AO COVID-19 * Analysis of the association between vitamin D and viral infections and risk factors related to Covid-19 | Barbosa | Research, Society and Development

ANÁLISE DA ASSOCIAÇÃO ENTRE VITAMINA D E INFECÇÕES VIRAIS E FATORES DE RISCO RELACIONADOS AO COVID-19 * Analysis of the association between vitamin D and viral infections and risk factors related to Covid-19 | Barbosa | Research, Society and Development

Dr. Cícero Galli Coimbra conta qual a relação entre a vitamina D3-hormônio e o câncer. Neurologista e pesquisador é um dos 30 especialistas do Brasil e do mundo que estão no documentário “A Verdade Sobre o Câncer” – Link para a fonte do vídeo

Dr. Cicero Coimbra conta qual a relação entre a vitamina D3-hormônio e o câncer. Neurologista e pesquisador é um dos 30 especialistas do Brasil e do mundo que estão no documentário “A Verdade Sobre o Câncer”

Ler mais

Covid-19: Agências de saúde pública na Inglaterra e Escócia analisam se suplementos de vitamina D podem reduzir risco | O BMJ * Covid-19: Public health agencies review whether vitamin D supplements could reduce risk

  Excepcionalmente, essa explicação sobre o artigo em questão foi traduzido do inglês para o português devido à sua  importância para o atendimento da Covid-19, e a licença da fonte publicadora. Recomendamos a leitura da […]

Full article: Obesity as a risk factor for COVID-19: an overview

A atual pandemia da doença de coronavírus-2019 (COVID-19) apresenta um enorme desafio para os sistemas de saúde em todo o mundo. Muitos fatores de risco diferentes estão associados à gravidade da doença, como idade avançada, diabetes, hipertensão e, mais recentemente, obesidade. A incidência de obesidade tem aumentado nos últimos 25 anos, atingindo mais de 2 bilhões de pessoas em todo o mundo, e a própria obesidade pode ser considerada uma pandemia. Nesta revisão, resumimos aspectos envolvidos com a obesidade, como alterações na resposta imune, fatores nutricionais, fatores fisiológicos e eixo intestinal-pulmão, que afetam a resposta viral e o prognóstico do COVID-19.

A vitamina D revisitada: uma pedra angular da saúde? PubMed  *Vitamin D Revisited: A Cornerstone of Health? 2010

“Existe um interesse renovado recente no metabolismo e na fisiopatologia da vitamina D, devido à sua descrição recente como um hormônio com um impacto positivo na saúde global, em vez de um hormônio estritamente ósseo: a vitamina D pode ser um fator protetor contra infecções, autoimunidade, morbidade cardiovascular, e câncer. Por outro lado, a deficiência de vitamina D parece ser cada vez mais frequente em todo o mundo. Propomos uma revisão desses novos aspectos do metabolismo da vitamina D, com foco no status da vitamina D em uma coorte pediátrica local. Há uma necessidade urgente de revisar as diretrizes atuais sobre suplementação de vitamina D e monitorar de perto a vitamina D sérica em crianças com doenças crônicas, ou seja, com maior risco de comprometimento cardiovascular, morbidade óssea, doença infecciosa e inflamação aguda.”

Ler mais

Risco de COVID-19 ‘UTI’ – 20 vezes maior na Deficiência de Vitamina D. BAME, afro-americanos, idosos, institucionalizados e obesos estão em maior risco. BMJ * Sun e ‘D’-suplementation – Mudança de jogo? Pesquisa urgentemente necessária. | O BMJ

A vitamina D é um hormônio secosteróide com vários efeitos esqueléticos e não esqueléticos, incluindo a regulação das respostas imunes inatas e adaptativas. A vitamina D, ao se ligar ao elemento de resposta à vitamina D em várias regiões promotoras de genes, diminui a expressão de citocinas pró-inflamatórias e aumenta a produção de proteínas antivirais e antibacterianas [17], sugerindo um papel importante na imunidade adaptativa antiviral inata. [ 18] É importante ressaltar que a vitamina D também está envolvida na regulação do sistema renina-angiotensina, [19] que é regulada pela entrada do vírus SARS-Cov-2 nas células através do receptor ACE2, levando a tempestades de citocinas, com subsequente síndrome do desconforto respiratório fatal.

Ler mais

Vitamina D é crucial para ativar as defesas imunológicas – ScienceDaily – 08.03.2010 Vitamin D crucial to activate immune defenses

Cientistas da Universidade de Copenhague descobriram que a vitamina D é crucial para ativar nossas defesas imunológicas e que, sem a ingestão suficiente da vitamina, as células assassinas do sistema imunológico – as células T – não serão capazes de reagir e combater infecções graves no corpo.

Para que as células T detectem e matem patógenos estranhos, como aglomerados de bactérias ou vírus, as células devem primeiro ser “acionadas” em ação e “transformar” de células imunes inativas e inofensivas em células assassinas que são preparadas para procurar e destruir todos os traços. de um patógeno estranho.

Ler mais

Quase 99% dos pacientes de Covid-19 que possuíam baixos níveis de vitamina D, morreram, diz estudo com 780 pessoas – Jornal Ciência – esse estudo está neste Site

“Alguns médicos, como o brasileiro Dr. Cícero Coimbra, é um dos defensores da vitamina D e seu poder em ajudar o corpo em diversos aspectos, inclusive no sistema imunológico. Na prática, a vitamina D é considerada um hormônio, e não uma vitamina.”

Fonte: Quase 99% dos pacientes de Covid-19 que possuíam baixos níveis de vitamina D, morreram, diz estudo com 780 pessoas

Estimulação do receptor de vitamina D para reduzir a Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA) em pacientes com infecções por coronavírus SARS-CoV-2: Revisão do SB SB 2020_166 – ScienceDirect * Vitamin D Receptor stimulation to reduce Acute Respiratory Distress Syndrome (ARDS) in patients with Coronavirus SARS-CoV-2 infections: Revised Ms SBMB 2020_166

As infecções pelo vírus corona podem causar a Síndrome do Desconforto Respiratório Agudo (SDRA), mediada por uma variedade de mecanismos, incluindo tempestade de citocinas, desregulação do sistema renina-angiotensina, ativação de neutrófilos e cascata de coagulação. […]