Tag: Projeto Genoma Humano e as doenças autoimunes

Ler mais

07.04.2021: Revista “Frontiers in Immunology” (Fronteiras em Imunologia” – a sétima revista mais citada entre as de acesso livre e a primeira mais citada na área de imunologia) – Tradução pública POR CERTIDÃO para o português de sua Publicação científica de abril de 2021 de médicos e Pesquisadores alemães sobre o “protocolo Coimbra”: “Resistência à Vitamina D como uma Possível Causa de Doenças Autoimunes: Uma Hipótese Confirmada feita por um Protocolo de Alta dosagem de Vitamina D Terapêutica” * “Vitamin D Resistance as a Possible Cause of Autoimmune Diseases: A Hypothesis Confirmed by a Therapeutic High-Dose Vitamin D Protocol”

07.04.2021: REVISTA “FRONTIERS IN IMMUNOLOGY” (FRONTEIRAS EM IMUNOLOGIA” – A SÉTIMA REVISTA MAIS CITADA ENTRE AS DE ACESSO LIVRE E A PRIMEIRA MAIS CITADA NA ÁREA DE IMUNOLOGIA) – TRADUÇÃO PÚBLICA PARA O PORTUGUÊS DE SUA PUBLICAÇÃO CIENTÍFICA DE ABRIL DE 2021 DE MÉDICOS E PESQUISADORES ALEMÃES SOBRE O “PROTOCOLO COIMBRA”: “RESISTÊNCIA À VITAMINA D COMO UMA POSSÍVEL CAUSA DE DOENÇAS AUTOIMUNES: UMA HIPÓTESE CONFIRMADA FEITA POR UM PROTOCOLO DE ALTA DOSAGEM DE VITAMINA D TERAPÊUTICA” * “VITAMIN D RESISTANCE AS A POSSIBLE CAUSE OF AUTOIMMUNE DISEASES: A HYPOTHESIS CONFIRMED BY A THERAPEUTIC HIGH-DOSE VITAMIN D PROTOCOL”

Ler mais

19.02.2021 – A autoimunidade associada a COVID-19 é uma característica de doença respiratória grave – uma análise Bayesiana * COVID-19 associated autoimmunity is a feature of severe respiratory disease – a Bayesian analysis | medRxiv

A AUTOIMUNIDADE ASSOCIADA A COVID-19 É UMA CARACTERÍSTICA DE DOENÇA RESPIRATÓRIA GRAVE – UMA ANÁLISE BAYESIANA * COVID-19 ASSOCIATED AUTOIMMUNITY IS A FEATURE OF SEVERE RESPIRATORY DISEASE – A BAYESIAN ANALYSIS

Ler mais

17.04.2017: Avaliação da ingestão de vitamina D3 de até 15.000 unidades internacionais / dia e concentrações séricas de 25-hidroxivitamina D de até 300 nmol / L no metabolismo do cálcio em um ambiente comunitário * Evaluation of vitamin D3 intakes up to 15.000 international units/day and serum 25-hydroxyvitamin D concentrations up to 300 nmol/L on calcium metabolism in a community setting

AVALIAÇÃO DA INGESTÃO DE VITAMINA D3 DE ATÉ 15.000 UNIDADES INTERNACIONAIS / DIA E CONCENTRAÇÕES SÉRICAS DE 25-HIDROXIVITAMINA D DE ATÉ 300 NMOL / L NO METABOLISMO DO CÁLCIO EM UM AMBIENTE COMUNITÁRIO * EVALUATION OF VITAMIN D3 INTAKES UP TO 15.000 INTERNATIONAL UNITS/DAY AND SERUM 25-HYDROXYVITAMIN D CONCENTRATIONS UP TO 300 NMOL/L ON CALCIUM

Ler mais

12.08.2012: A poderosa vitamina D * Oxford descobriu nada menos do que 2.776 pontos de ligação com receptores de vitamina D ao longo do genoma * “Todas as células mapeadas possuem receptores diretos da vitamina”- ISTOÉ Independente

(…) “Um dos achados mais reveladores – e que ajuda a sustentar a nova atitude dos médicos – surgiu de um trabalho de cientistas da Universidade de Oxford, na Inglaterra. Eles sequenciaram o código genético […]

Ler mais

Dissociação da atividade calcêmica da vitamina D e da atividade genômica não calcêmica e responsividade individual: um duplo-cego controlado randomizado (foram testadas 3 doses de vitamina D: 600 UI, 4.000 UI e 10.000 UI por dia e foram verificados os efeitos na expressão genética, com resultados: Dose de 600 U – 162 genes; Dose de 4.000 U – 320 genes; Dose de 10.000 U – 1.289 genes)”*  “Disassociation of Vitamin D’s Calcemic Activity and Non-calcemic Genomic Activity and Individual Responsiveness: A Randomized Controlled Double” -Blind Clinical Trial | Scientific Reports

DISSOCIAÇÃO DA ATIVIDADE CALCÊMICA DA VITAMINA D E DA ATIVIDADE GENÔMICA NÃO CALCÊMICA E RESPONSIVIDADE INDIVIDUAL: UM DUPLO-CEGO CONTROLADO RANDOMIZADO (FORAM TESTADAS 3 DOSES DE VITAMINA D: 600 UI, 4.000 UI E 10.000 UI POR DIA E FORAM VERIFICADOS OS EFEITOS NA EXPRESSÃO GENÉTICA, COM RESULTADOS: DOSE DE 600 UI – 162 GENES; DOSE DE 4.000 UI – 320 GENES; DOSE DE 10.000 UI – 1.289 GENES)”*  “DISASSOCIATION OF VITAMIN D’S CALCEMIC ACTIVITY AND NON-CALCEMIC GENOMIC ACTIVITY AND INDIVIDUAL RESPONSIVENESS: A RANDOMIZED CONTROLLED DOUBLE” -BLIND CLINICAL TRIAL | SCIENTIFIC REPORTS