“Pacientes com COVID-19 que recebem vitamina D *suficiente* têm 52% menos probabilidade de morrer da infecção.”  | “COVID-19 patients who get *enough* vitamin D are 52% less likely to die of the infection, study finds”  Daily Mail Online

“New Boston University research found that people who don’t get enough of the vitamin are  far more likely to become severely ill, develop sepsis or even die after contracting coronavirus.” (…)

  • Pesquisadores da Universidade de Boston descobriram que pacientes com COVID019 com níveis “suficientes” de vitamina D tinham cerca de 52 por cento menos probabilidade de morrer após a hospitalização
  • As taxas de doenças graves foram cerca de 13% mais baixas em pacientes com vitamina D suficiente e a intubação foi 46% menos comum  
  • A vitamina D desempenha um papel crucial na capacidade do sistema imunológico de combater infecções e manter a inflamação – que mata muitos pacientes com COVID-19 – sob controle 
  • Cerca de 42 por cento dos americanos são deficientes em vitamina D, com taxas mais altas entre americanos idosos e pessoas de cor
  • Negros, hispânicos e idosos também estão entre os mais atingidos pelo coronavírus”

LEIA EM:

Fonte: A ingestão de vitamina D suficiente poderia reduzir os riscos de morte de COVID-19 em 52%? | Daily Mail Online